BALSEIROS DO RIO URUGUAI

Este vídeo de 1952 mostra aos professores das faculdades de jornalismo uma história que eles não viveram e não sentiram o verdadeiro gosto pela palavra. “Balsa”,só na expressão, forma uma imagem em nosso pensamento. Para quem jamais viu um vídeo assim, não consegue montar esta imagem. Eis aqui ela. Graças ao grande amigo do Rio Uruguai, Valdir Strejevicz (Valdirão)que guardava esta relíquia. Meninos e meninas da imprensa...por favor! Diferenciem o que é balsa e o que é barca! Não agridam nossos ouvidos dizendo que a balsa atravessou Porto Mauá. Ouçam a música de Noel Guarani. Permitam-se um minutinho de leitura e cultura. Por favor, veja os detalhes do filme. Anote. Comente. Mostre aos filhos. Reveja com amigos e te sentirás em paz com tantos que fizeram milhares de quilômetros em cima de toras de madeira desde Santa Catarina até quase o estuário do Rio Uruguai. Via-se em cima da balsa, fogão a lenha, vaca de leite, cachorros, camas e banheiros, roupas estendidas. Os barranqueiros de mais idade viram e viveram estes momentos. “Eles contam maravilhas, que ninguém nunca viu”. Aí, verás que eles não transportavam madeiras em barcas e que um carro não andava em balsas.

EMPRESARIO - DOMINGOS outra
EMPRESARIO - DOMINGOS
PESQUISA 20 MUNICÍPIOS
Pesquisando 2013
CASCATAS E RIOS
IGREJAS E CASARÕES
VIAGENS
RIO URUGUAI 1
 
© LAB PESQUISAS - 2012 - Todos os direitos reservados